hipo

hipo
O CHEIRO CONTINUA O MESMO

sexta-feira, 1 de agosto de 2008

Foto de Dulcinea Macedo




os pingos da madrugada

madrugada
pele enrugada
nada

pele tépida
ar
terapia

pedras de sal
cajus
e estrelas

inundação
do ontem
na sombra fria

2 comentários:

Nivaldete Ferreira disse...

PELA PRIMEIRA VEZ, ACHO UM HIPOPÓTAMO LINDO! ME DESCULPEM OS BICHINHOS... DEUS É MUITO É DIVERTIDO!

Dulcinea disse...

foto , poema, cantemos amado cantemos, que a madrugada eterna não se vai..
um cheiro dulcinea.